• Daniel B. Costa

O novo gerente minuto

Ajude as pessoas a alcançarem todo o seu potencial. Flagre-as fazendo alguma coisa certa.


+ Atrair e manter talentos é a prioridade máxima.

+ Manter o foco tanto nos resultados quanto nas pessoas.

+ O papel de um líder é ajudar cada um de seus liderados a tirar nota 10!

+ A capacidade intelectual pode ser encontrada por toda a organização.

+ O propósito da reunião é fazer todos participarem da tomada de decisões sobre o que fazer em seguida.

+ Eu me preocupo com as pessoas e com os resultados, porque eles caminham lado a lado.


‘’pessoas que se sentem bem consigo mesmas produzem bons resultados’’

+ Ajudar as pessoas a ficarem satisfeitas consigo mesmas é a chave da produtividade.

+ Se você não oferecer um produto de qualidade e o serviço que as pessoas querem, seu negócio não prospera.

+ São as pessoas que trabalham nos melhores restaurantes que estão criando o sucesso do lugar.

+ Não tome decisão pelos outros.

+ Estabelecer os objetivos é o início da gerência.

+ Nossos gerentes trabalham conosco para deixar bem claro quais são nossas responsabilidades e o que ele espera de nós.

+ Escute as ideias dos colaboradores e fique junto do grupo para desenvolver as estratégias. Deve ser descrita em uma única página.

+ 80% dos resultados virão de 20% dos objetivos. Liste de 3 a 5 objetivos.

+ Identifique o problema e ache a solução que, quando implementada, melhoraria a situação.

+ Um problema só existe quando há uma diferença entre o que realmente está acontecendo e o que você gostaria que estivesse acontecendo.



+ Se ser bem sucedido no meu trabalho é importante para mim, eu logo me convenço de que o feedback é uma ferramenta de valor inestimável.


‘’Ajude as pessoas a alcançarem todo o seu potencial. Flagre-as fazendo alguma coisa certa.’’

+ Colocamos a ênfase no positivo flagrando as pessoas fazendo algo certo.

+ Reforce o elogio, incentivando-o a continuar a fazer o bom trabalho.



+ Elogiar as pessoas nem sempre funciona se não for combinado com Redirecionamentos, que servem para corrigir erros à medida que vão ocorrendo (linha de losada).

+ Todos precisam ser aprendizes, porque as coisas não param de mudar.

+ O redirecionamento na primeira parte se concentra no meu erro, na segunda parte se concentra na pessoa. Assim que tomar conhecimento do erro. Confirma os fatos e juntos se revisam o que deu errado, é bem específico.

+ Nossa meta é desenvolver a autoconfiança nas pessoas para nos ajudarem a obter melhores resultados.

+ Quando um líder mantém seu bom humor, tudo fica melhor para ele e para todos à volta.

+ Os objetivos deixam claro em que aspecto é importante nos concentrarmos, os elogios desenvolvem a autoconfiança que nos ajuda a sermos bem-sucedidos, e o redirecionamento trata dos erros. Os 3, juntos, ajudam as pessoas a ficarem mais satisfeitas consigo mesmas, produzindo bons resultados.



‘’O melhor minuto que eu gasto é o que invisto nas pessoas’’

+ Se são as pessoas que obtêm os resultados, é uma questão de bom senso investir mais nelas.

+ O motivador número um das pessoas é saber quais foram os resultados. Elas querem saber como estão se saindo.

+ É necessário ter alguns vencedores, alguns perdedores e todo o resto no meio.

+ Não entulhe a mente com informações que podem ser encontradas em outro lugar.


‘’Todos são vencedores em potencial. Algumas pessoas estão disfarçadas de perdedores. Não deixe que as aparências o enganem.’’

+ Contrate alguém com potencial para ser vencedor. Trabalhe sistematicamente com essa pessoa para ajuda-la a se tornar uma vencedora.


“Reserve um minuto para ler seus objetivos. Depois examine o que você está fazendo. Verifique se está de acordo com seus objetivos.”

+ Para ajudar as pessoas a se transformarem em vencedores é flagrá-las fazendo algo mais ou menos certo no começo e pouco a pouco progredirmos para o resultado desejado.

+ O castigo não funciona quando é usado para ensinar quem está aprendendo.

+ Não denigra as pessoas, incentive-as a crescer.

+ Separação entre o comportamento e o valor da pessoa. Elogiar o colaborador, reafirmar sua dignidade depois de ter tratado do erro cometido, concentra a queixa em seu comportamento, em vez de ataca-lo em nível pessoal.

+ Se você primeiro for exigente no comportamento e depois oferecer apoio, o resultado é melhor.

+ Comunique as pessoas o que fizeram de errado, contar-lhes como ficou aborrecido com as falhas e lembrar a elas que são muito melhores do que isso.


“Nós somos apenas nosso comportamento. Somos também a pessoa que gerencia nosso comportamento.”

+ O objetivo é que elas sejam bem-sucedidas mesmo quando você não está por perto.


“Objetivos iniciam comportamentos. Consequências influenciam futuros comportamentos”


“Compartilhe com outras pessoas”

“ Pessoas satisfeitas consigo mesmas produzem resultados melhores.”
21 visualizações

61 98225-0099

©2019 by Daniel Costa. www.posto214sul.com.br