• Daniel B. Costa

Um minuto para mim

+ Quando me mostro sempre feliz, o mesmo ocorre com as pessoas que gravitam ao meu redor.

+ Se algo é complicado, provavelmente faz parte do problema. Se é simples, talvez seja a solução.

+ Me torno mais feliz quando começo a cuidar bem de mim e dos demais.

+ Às vezes, é melhor pôr os demais em primeiro lugar; em outras ocasiões, ajuda quando me preocupo mais comigo mesmo. A boa notícia é que a maneira como cuido bem de mim mesmo é em geral muito boa para as outras pessoas.

+ Pensar nos outros é uma das maneiras de cuidar de mim mesmo, pois isso me torna equilibrado e tranquilo. Minha vida não ia bem porque eu me esforçava demais para agradar os outros e esquecia de agradar a mim mesmo. Reserve tempo para as duas coisas.

+ Antes de cuidar bem de alguma coisa ou de alguém, tenho, em primeiro lugar, de cuidar bem de mim mesmo.

+ Todos nós somos únicos e especiais

+ É desse ‘’eu’’ que precisamos cuidar.

+ Quando cuidamos de nosso ‘’eu’’, somos mais saudáveis e felizes. E tornamo-nos mais capazes de ajudar os demais.

+ Pessoas sadias cuidam de si mesmas.

+ Todos os dias, comecei a dar uma parada e a reservar um minuto para mim.

+ Um minuto é mais que suficiente para tornar-se feliz

+ No tranquilo minuto comigo mesmo eu posso, primeiro tornar-me consciente do que estou fazendo e em seguida resolver procurar uma maneira melhor.

+ Pare e pergunte-se: Há neste momento uma maneira melhor de eu cuidar de mim mesmo?

+ Paro, olho e vejo que tenho uma opção: Seguir em frente, mudar de direção ou fazer o que quer que seja melhor para mim.

+ Reserve um minuto para você.

+ Encontre a resposta dentro de você mesmo. A verdade é que todos descobriremos o que é melhor, se apenas pararmos pelo tempo suficiente para ver.

+ Em geral, a pergunta leva a uma mudança em meu comportamento ou em meus pensamentos.

+ Uma coisa que faço quando me sinto arrasado ou perco a perspectiva é me perguntar: “Dentro de dez anos, a partir de agora, que grande diferença isto fará?”

+ O humor torna a vida melhor

+ Rio com as coisas que faço

+ Eu me trato da maneira como gostaria que os demais me tratassem

+ Eu posso ser meu melhor amigo ou meu pior inimigo. Tudo dependerá do que eu resolver pensar e decidir fazer.

+Aprecio o que acontece, em vez de compará-lo com o que acho que devia ter acontecido. Aprendi que meu sofrimento pessoal se origina da diferença entre o que está acontecendo e o que acho que devia estar acontecendo

+ Cuido de mim quando analiso o que quero em comparação com o que necessito

+ A necessidade é algo de que precisamos para o nosso bem-estar. Aquilo que se quer é algo que esperamos que nos faça felizes...

+ Eu me sinto bem-sucedido quando consigo o que quero. Me sinto feliz quando quero o que consigo.

+ Reservando tempo para analisar o que realmente me faz feliz.


“Preciso realmente do que estou querendo conseguir?”

+Reduzimos o estresse da vida se não tentarmos obter maquilo de que não necessitamos.

+Quanto mais eu me cuido, mas me sinto bem cuidado.

+ Quanto mais simples a minha vida, mais tranquila ela se torna.

+ Atitude. A maneira como encara a vida é a melhor maneira de cuidar de si mesmo.

+ Só há duas emoções básicas na vida: O amor (positiva) e o medo (negativa). A existência de uma implica a falta da outra.

“Essa ação se baseia no amor ou no medo?”

+ Quando dou parte de meu dinheiro e de meu tempo, isso me lembra de que não estou com medo.

+ Simplifique

+ Reduzir as coisas às suas verdades mais simples e básicas


“Qual a ideia mais simples que eu poderia aplicar neste exato momento?”

+ Em um minuto posso mudar minha atitude, e nesse minuto posso mudar todo o meu dia.

+ Reservar um minuto para mim permite que eu explore uma parte sábia que há em mim.

+ Leva-me a pensar e agir melhor do que antes. Equilibrar sua vida.

+ Nossa mente inconsciente não dispõe de filtro. Deixa que todas as imagens penetrem, mesmo que sejam irreais.

+ Quanto mais cuido bem de mim mesmo, menos ressentimentos e raiva sinto e mais carinhoso me torno comigo mesmo e com os demais.

+ Um minuto para mim traz o poder da auto-observação. É uma capacidade que todos possuímos, mas que poucos usam.

+ Quando nos damos um tempo para parar, olhar e escutar a nós mesmos, descobrimos o que é melhor para nós.

+ Eu me sinto completo quando cuido do “eu”, do “você”, e do “nós”.

+ Pensar apenas em mim mesmo é como comer apenas meu prato favorito.


“Quanto tempo vocês passam cuidando de si mesmos? Cuidam mais do trabalho do que de si mesmos?”

+ A maneira como tratava os demais era tal qual fazia consigo mesmo.

+ Substitua o pensamento critico por algo que aprecie em mim mesmo.

+ Pare de se criticar, deixe de criticar os demais. Comece a se relacionar melhor com as pessoas no trabalho e a conseguir mais resultados

+ Reserve um minuto para mim, durante vários períodos do dia.

+ Uma das melhores maneiras de ajudar outras pessoas consiste em estimula-las a cuidarem melhor de si mesmas e recompensa-las quando assim agirem.

+ O que importa é a grande satisfação que sentimos ao saber que estamos nos respeitando o suficiente para nos colocarmos em 1º lugar.

+ Quando outras pessoas cuidam bem de si mesmas elas se sentem mais felizes consigo mesmas... e comigo!

+ Se desejo ser tratado melhor pelas outras pessoas, devo estimula-las a se tratarem melhor.

+ Cuidar bem de mim mesmo é também a melhor maneira de cuidar dos demais.

+ O importante para os outros não era o que pensavam dele, mas o que eles pensavam de si mesmos.

+ Queremos amar e ser amados.

+ No minuto que um de nós passa a esperar que um relacionamento satisfaça suas necessidades básicas, começa a experimentar sofrimento.

+ Desde que aprendeu a cuidar melhor de si mesmo, ele cuida melhor de nós.

+ O importante é que não peço a ninguém que cuide de mim o tempo todo. Eu mesma faço o que posso. Cuido-me também criando um ambiente belo porque isso me afeta.

+ Cuido de mim melhor ainda quando crio um ambiente interno.

+ Ainda mais importante do que ser amado é amar.

+ Quanto mais nos aceitamos, mais precisamos a nós mesmos e um ao outro.

“ A verdade é que, no fim, as pessoas vão acabar fazendo o que querem, de qualquer maneira. Entao, por que se enganar?”

+ Se você cede e faz o que a outra pessoa quer, contra seus melhores interesses, mais cedo ou mais tarde vai ficar ressentido.


A ideia todas consiste:

1- Em sentir-se bem... mesmo que, no momento, isso não agrade inteiramente a outra pessoa.

2- Em seguida, sentindo-se feliz e tranquilo, o individuo passa a sentir-se bem disposto em relação a outra pessoa.

3- O importante é que, quando você se sentir bem disposto com a outra pessoa, deve demonstrá-lo.


+Cuidando honestamente de nós mesmos, e também da outra pessoa, evitamos conflitos mais graves depois.

+ Resolvi cuidar de mim mesmo amando-a, em vez de pedir que ela me amasse.

+ O importante em um bom relacionamento é o equilíbrio.


“há alguma maneira melhor de agir, neste exato momento?”

+ Deixe de fazer o que não funciona

+ Quem você quer, realmente, que o abrace? Esse é o motivo por que nos sentimos muito melhores quando paramos, tornamo-nos calmos e ficamos escutando nosso melhor Eu... aquela parte de nós que sabe do que necessitamos. Entrar em contato com nosso melhor Eu é como dar em nós mesmos um abraço perfeito.

+ Se não cuido de mim mesmo, não consigo que minhas necessidades básicas sejam atendidas.

+ O relacionamento mais importante que jamais terei é o que mantenho agora comigo mesmo.

+ Podemos ter um relacionamento maravilhoso juntos. Quando eu tiver comigo e você o tiver consigo.

+ Paz é tanta ausência de ira como presença de amor – especialmente comigo mesmo.

+ Quando todas as pessoas no mundo cuidarem melhor de si mesmas, todas se sentirão mais bem cuidadas, e poderemos finalmente começar a cuidar mais um do outro.

+ Se todas as pessoas cuidassem melhor de si mesmas, como quer que fosse, o mundo seria um lugar melhor.

+ Cooperar significa “co-operar”. Eu opero o eu em você e você opera o eu em você. Isso é o máximo em liberdade e responsabilidade.

+ A paz começa comigo.

+ O desafio imediato de melhorar seu próprio mundo.

+ Em vez de tentar mudar o mundo e as pessoas em torno, ele mudara a si mesmo.

+ Não cuidar de si mesmo é que era egoísmo, pois isso ocasionava numerosos problemas a si mesmo e a outras pessoas.

+ Equilibre o dar com o receber.

+ Se ninguém recebe ninguém pode dar.

+ Dar a si mesmo e a receber de si mesmo.

+ A resposta está em mim

+ Eu posso ouvir as respostas quando ouço aquela parte intuitiva que há em mim – o meu melhor eu.


“Quando perco o meu ego, ganho o meu eu.”

+ Só quando abandonava o ser egoístico, controlador, é que finalmente estabelecia contato com um poder maior. O mesmo poder que muitas pessoas chamam de Deus.

+ Compartilharei a dádiva do meu melhor eu comigo mesmo e com os demais.






0 visualização

61 98225-0099

©2019 by Daniel Costa. www.posto214sul.com.br